LiteraTamy

Tópicos recentes


Categorias


Meta


LiteraTamy


Literatura brasileira10

A ÁRIA DAS ÁGUAS

Segundo o Dicionário Informal da Língua Portuguesa, um dos modos de definir ária seria “parte da música de uma ópera composta para ser cantada ou recitada por somente uma pessoa (solista)”. Nesse sentido, a presença da palavra no título de A ária das águas (Patuá, 2018) é duplamente certeira pela relação que estabelece com o [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam

SANGRADOURO

Sangradouro (2018) é um livro de contos ambientados no Rio Grande do Sul, cujo cenário principal é a cidade imaginária de San Servando. Ao retomar episódios da história de construção do sul do país, inclusive pelo resgate de figuras reais como personagens ativos ou aludidos em seus contos, Martim César recupera as raízes históricas da [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam

CORAÇÕES RUIDOSOS EM QUEDA LIVRE

Semelhante a seu romance anterior, O frágil toque dos mutilados (Autêntica, 2015), Alex Sens publica mais um livro com título encantador. Corações ruidosos em queda livre (2018) traz em seu nome a junção dos três contos que o compõem, associados pela noção de morte que permeia cada um de maneiras distintas. Dentro de um ônibus em [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam

A DURAS PENAS

“Quem nasceu primeiro: o ovo ou a galinha?” A pergunta fundamental. Interessa menos a solução do enigma do que a reflexão em si. O fato é que as aves têm simbolizado dilemas e inquietações essencialmente humanas, indicando que talvez sejamos mais próximos dos pássaros do que nossas diferenças ostensivas nos permitem intuir. É nessas [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam

ÁGUA FRIA E AREIA

Água fria e areia (2018, Lamparina Luminosa) é um desromance de início promissor, cujas promessas não só se cumprem como superam as possíveis expectativas. Começando in media res, a narrativa demonstra logo de cara ser autêntica e instigante, ainda que seu raio de alcance seja bastante específico: ele circunda a brasileira Caroline e o [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam

O PESO DO PÁSSARO MORTO

O peso do pássaro morto (Nós e Edith, 2017) conta a despretensiosa história de uma mulher sem nome, com especial atenção a determinadas idades da protagonista (dos 8 aos 52 anos), que indicam os capítulos do livro. A obra de estreia da autora paulista Aline Bei surpreende em um primeiro momento pela forma: trata-se de um romance escrito [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam

DIÁRIO DA CASA ARRUINADA

A nota introdutória do Diário da casa arruinada (Penalux, 2017) se localiza nos limites entre a realidade e a ficção. Nela, um autor (que pode tanto ser Tiago Feijó quanto um personagem ficcional) afirma que o caderno que intitula o romance foi encontrado dentro de uma casa em ruínas e reproduzido com fidedignidade nas páginas que [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam

FADAS E COPOS NO CANTO DA CASA

Bianca é uma moça de vinte anos que narra, numa espécie de diário, o cotidiano do bordel em que vive na condição de prostituta. A primeira página de Fadas e copos no canto da casa (Quintal Edições, 2017) escancara o peso das raízes que prendem a protagonista ao solo tóxico das memórias familiares, responsáveis por guiá-la à solitária [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam

TRAVESSURAS DA MINHA MENINA MÁ

Inspirada na icônica obra do escritor peruano Mario Vargas Llosa, a trilogia brasileira Travessuras da minha menina má é uma narrativa em primeira pessoa que descreve a passagem de sessenta e nove anos da história do protagonista Victor, em cujo caminho surge a chilenita Maria Eduarda, dotando de valor a trajetória de um indivíduo em [...]

Tamy GhannamTamy Ghannam