LiteraTamy
LiteraTamy

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Categorias


LiteraTamy

Por que ler O Hobbit?

Tamy GhannamTamy Ghannam
Edição comemorativa
75 anos dO Hobbit pela editora WMF Martins Fontes.

  Adiei a leitura de O Hobbit durante muito tempo e por motivos mesquinhos: como grande fã de Harry Potter, sentia que mergulhar em outro oceano mágico seria traição. Até que a curiosidade falou mais alto e já adulta resolvi ultrapassar o bloqueio e finalmente conhecer Tolkien. Qual foi a minha surpresa quando me vi completamente envolvida pela estória do pequeno Bilbo e suas aventuras, encantada por cada detalhe construído pelo escritor e pelo mundo tão diferente do de J.K. Rowling, mesmo que a magia e as criaturas fantásticas estejam presentes em ambos.

  Por isso o post de hoje é destinado a todos aqueles que ainda não se convenceram de que ler O Hobbit vale a pena. Gostaria de expor alguns pontos principais que considero fortes na defesa do até então único livro que li do escritor sul-africano.

1. É POSSÍVEL SENTIR O AMOR NA ESCRITA de J.R.R. Tolkien, que escreveu o livro inicialmente para seus filhos. Como pai dedicado em entreter as crianças, não mediu esforços para depositar o sentimento paterno em cada ponto da história, abdicando dos preconceitos do mundo cético adulto. Mas engana-se aquele que crê que O Hobbit é simplesmente uma história infantil. Sua dimensão ultrapassa idades e a entrega do autor é explícita, embalando os leitores na narrativa e trazendo uma aura de imaginação nostálgica que conquista facilmente os adultos.

2. OS PERSONAGENS SÃO EXTREMAMENTE CATIVANTES e bem construídos, com destaque ao protagonista. Tomando-o de exemplo, como hobbit que vive confortável e comodamente sua rotina pacata e sem muitas novidades, diante da inesperada missão a que é requisitado Bilbo Bolseiro não perde suas raízes de sujeito apreensivo, estável e inteligente, mas aprende a conviver com elas de forma que não as perca mas não deixe de evoluir, crescendo significativamente com o decorrer dos acontecimentos. E ele não é o único personagem com características marcantes. O mago Gandalf, os anões e as outras criaturas fantásticas que compõem a narrativa são dotadas de qualidades que representam ideais maiores e seus desenvolvimentos, escolhas e responsabilidades são deliciosos de acompanhar.

3. O UNIVERSO DO LIVRO É ENCANTADOR e absolutamente verossímil. O autor nos localiza na pequena e aconchegante toca do hobbit logo de cara e podemos enxergá-la em nossa frente como se fosse um ambiente conhecido há tempos por nós. É engraçado utilizar o termo “verossimilhança” para descrever um mundo fantástico e ficcional, mas a maestria de Tolkien é tamanha que isso é não só possível como necessário. A plausibilidade se mantém além da toca, invadindo florestas, castelos e permanecendo durante toda a busca pelo tesouro, repleta de obstáculos, interrupções e surpresas para os personagens e para os leitores. É fácil penetrar no cenário e visualizá-lo.

4. O LIVRO NÃO É UM CALHAMAÇO E A LINGUAGEM NÃO É COMPLICADA, portanto aqueles que temem dificuldades da leitura podem esquecê-las. As quase 300 páginas passam voando com tantas peripécias e com a fluidez da escrita, ao mesmo tempo que trazem exatamente o que é necessário para uma boa e descontraída descrição dos acontecimentos, dos espaços e dos personagens, promovendo aquele gostinho de quero mais. Se há dúvida de encarar a trilogia Senhor dos Anéis, este livro é uma ótima alternativa para saná-la. De fato, eu que antes era tão desinteressada quanto aos livros de Tolkien me vi sedenta por mais quando finalizei a leitura de O Hobbit.

5. MUITAS PESSOAS JÁ LERAM O HOBBIT, logo sua leitura poderá proporcionar discussões produtivas mesmo àqueles que não gostem tanto dele. Acredito que se um livro conquista leitores durante tanto tempo (já se passaram quase 80 anos desde sua publicação) é porque possui fortes qualidades e O Hobbit tem uma legião de fãs. O interessante de conhecer obras dessa dimensão é que elas propiciam não só reflexões individuais, mas também reflexões coletivas, o que é extremamente importante, visto que a aproximação gerada pela literatura é uma de suas funções mais sublimes.

Ficou claro que gostei muito dO Hobbit, mas ao expor esses tópicos não tenho a intenção de convencer ninguém a sentir o mesmo. O que espero é que deem uma chance a um dos maiores sucessos da literatura fantástica e que esses cinco motivos os levem a isso, pois seja qual for a sua opinião sobre o livro, garanto que a leitura de O Hobbit será válida.

ONDE COMPRAR? Compre o livro por este link e ajude o LiteraTamy sem gastar nada a mais por isso!

Tamy Ghannam

(contato@literatamy.com)

20 anos, São Paulo, Letras. Apaixonada por literatura, compartilhando experiências literárias através da internet.

Comentários 6
  • Helena Machado
    Publicado em

    Helena Machado Helena Machado

    Eu AMO O Hobbit! É, sem sombra de dúvida, minha aventura favorita e acho difícil algum outro livro superá-lo.
    Adorei a forma como você expôs a obra, sua escrita é muito boa!
    Quando li O Hobbit, foi tão gostosa a leitura que li 100 páginas sem perceber! Realmente dá para notar a paixão na escrita do Tolkien e o cuidado que ele tem com as palavras!

    Beijinhos, Hel.
    http://leiturasegatices.blogspot.com.br/


  • Renata Souza
    Publicado em

    Renata Souza Renata Souza

    Que legal seu blog. Confesso que ainda estou tendo um trabalho com o meu… adorei o design aqui.


  • Alexandre Melo
    Publicado em

    Alexandre Melo Alexandre Melo

    O hobbit eu só vi o primeiro filme… acho que fiquei com medo de ler o livro, mesmo sendo pequeno, pois tenho certa ressalva com épicos ou histórias medievais. De toda forma, adorei os pontos que você defende. Quem sabe um dia não me aventuro em ler as aventuras de Bilbo. ahahah
    Abraços!
    Alexandre do blog Do Que Eu Leio
    @_alexandremelo


  • O Que Tem Na Nossa Estante
    Publicado em

    O Que Tem Na Nossa Estante O Que Tem Na Nossa Estante

    Estou lendo O hobbit, o que empaca um pouco a leitura dele para mim é a pegada aventura do menino branco muito forte nele. Mas de resto vale muito a pena, adorei você ter contornado o formato resenha para fazer um texto diferente dos demais.

    Pandora
    O que tem na nossa estante


  • Karol
    Publicado em

    Karol Karol

    Eu adoro seu canal, mas ainda não conhecia o blog. Achei igualmente adorável! Confesso que tenho essa resistência com O Hobbit, mas seu post me deixou bem interessada. Parabéns pelo trabalho!!!

    http://www.karolgoncalves.com


    • Tamy Ghannam
      Publicado em

      Tamy Ghannam Tamy Ghannam

      Karol,
      Fico feliz que você tenha gostado do site e que meu texto tenha lhe trazido vontade de conhecer O Hobbit. Espero que goste! Beijos e apareça sempre :)