LiteraTamy
LiteraTamy

dezembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Categorias


LiteraTamy

Destinatário Desconhecido

Tamy GhannamTamy Ghannam

  A 2ª Guerra Mundial é apresentada como pano de fundo para diversos livros, além de agradar grande público. Como fazer com que um livro que apresenta um tema já tão bem aproveitado se destaque em meio aos outros? Através da premissa? Dos personagens, talvez? Do enredo, da forma? Ou será pelo final? Todos esses elementos foram muito bem explorados por Kathrine em sua novela epistolar, Destinatário Desconhecido.

  O romance conta com dois protagonistas, Martin Schulse e Max Eisenstein, ambos amigos e sócios em uma galeria de arte, que desde o início do livro prospera como ótimo negócio. A primeira carta, de Max para Martin, nos permite notar que este viajara de volta à Alemanha, sua terra natal, para inveja de seu colega Max. Aos poucos a figura de Hitler passa a ganhar espaço nas correspondências dos personagens como parcialmente desconhecida, detestada por Eisenstein, judeu, e admirada por Schulse, que inicialmente ainda sente certo receio em relação ao líder alemão, mas que com o decorrer do livro acaba sendo corrompido pelo poder que pode ganhar aliando-se a ele.

 “Não quero discutir sua nova maneira de pensar. Mas você tem que me entender. Não esperava que defendesse meu povo apenas porque é meu povo, mas porque você era um homem que amava a justiça”.

   Imaginem, então, o rumo que toma a relação entre os sócios. Nós assistimos à mudança de personalidade de Schulse, homem que outrora tão justo deixa a justiça de lado pela sede por prestígio. O judeu Max se vê abandonado e renegado por Martin, que conquista importante espaço no cenário político e econômico da Alemanha nazista. Enquanto Eisenstein precisa dele, ele só faz fingir que não o conhece, que não possui relação alguma com judeus, vestindo a máscara de antissemita nato. Max se vê abandonado pelo sócio quando mais precisa dele, e decide agir. Essa decisão fatal é um dos elementos que garante a originalidade da obra, nos deixa arrepiados e nos faz refletir a respeito do limite entre a amizade e as diferenças.

 

Destinatário Desconhecido é uma obra curta, mas que em suas poucas páginas é capaz de traçar um panorama histórico, construir críticas sociais e propor discussões acerca do egoísmo e das ações dos seres humanos. A linguagem epistolar, informal e íntima, nos transporta para dentro dos acontecimentos. Durante todo o livro, temos a sensação de que aquilo de fato aconteceu, e ficamos horrorizados com a hipocrisia e a crueldade que perpassou o nazismo e todos os seus atingidos. É uma novela forte e autêntica, capaz de nos fazer questionar até onde devemos nos deixar levar por nossas convicções.

COMPRE O LIVRO por este link e ajude o LiteraTamy sem gastar nada a mais por isso.

Tamy Ghannam

(contato@literatamy.com)

20 anos, São Paulo, Letras. Apaixonada por literatura, compartilhando experiências literárias através da internet.

Comentários 1
  • O Que Tem na Nossa Estante
    Publicado em

    O Que Tem na Nossa Estante O Que Tem na Nossa Estante

    Acho super interessantes histórias contadas através de cartas. Como gosto de escreve-las, sinto logo empatia com os personagens e ainda tem a questão da galeria de arte no meio e do cenário do mundo durante a Segunda Grande Guerra que envolveu o mundo inteiro. Nossa isso da muito pano pra mangas e roupas inteiras e as vezes um livro curto consegue fazer isso melhor que um longo… As vezes quem fala muito diz pouco e quem fala pouco diz muito.

    Pandora
    O que tem na nossa estante